Manter uma história com muitas conquistas e sucesso não é para qualquer um, não é mesmo? Assim podemos definir a trajetória do nosso restaurante BaitaKão, o mais antigo restaurante de refeições rápidas de Caxias do Sul.

Mas você sabe exatamente como tudo isso começou? Preparamos esse texto para contar um pouco dessa grande história. Confere com a gente!

BaitaKão: a origem

A história do BaitaKão se mistura com a da Festa da Uva. Isso porque o início de tudo se deu exatamente na Festa da Uva de 1927, onde, pela primeira vez, a cidade teve contato com um trailer de cachorro-quente.

A novidade trouxe uma grande ideia para a vida de três jovens, Ivo Posser, Ênio Milani e Milton Scola: decidiram ficar com o trailer e entrar no ramo. Logo depois, com o sucesso da ideia inovadora, expandiram seu negócio e acrescentaram novidades, como a introdução do refrigerante em latinha.

Os anos se passaram, e os donos resolveram investir em um novo trailer e em dois restaurantes em imóveis locados - o trailer alocado sobre terrenos alugados, já que a legislação não permitia que os mesmos ficassem sobre as calçadas, à época - entre 1974 a 1976, decidiram colocar telões para a exibição de filmes no terreno alugado, que tinha capacidade para o estacionamento de 430 veículos.

Em 1978, Posser e João Antônio Leidens, novo sócio, concentraram o restaurante na rua Sinimbu, onde se encontra o BaitaKão até os dias atuais. Ali, deram sequência no serviço de lanches diretamente nos carros estacionados nos terrenos.

Restaurante do Baita: um dos maiores e mais queridos da cidade

Hoje, o Baitakão encontra-se localizado em uma área de 800 metros quadrados, em terreno próprio de 3,2 mil metros quadrados, com sala para higienização de verduras e outra para manipulação de carnes e massas.

Diariamente, são servidas mais de 300 refeições no serviço de buffet, incorporado ao longo dos anos ao restaurante, e perto de 24 mil lanches por mês (4 mil a 5 mil entregues por motoboys). O restaurante ainda é um dos poucos que atende durante todos os dias do ano, independentemente de feriados e não adotando férias coletivas.

Atualmente, a sociedade do Baita divide-se entre Ivo Posser e João Antonio Leidens. 

Gostou da história do Baita?

O Baita tem uma história marcada por inovação, tecnologia, criatividade e muitas pessoas que fazem tudo isso acontecer diariamente. Não é à toa que chega à marca de 48 anos de fundação.

Agora, só falta você levar um pouco do Baita pra sua casa, né? Então clica aqui e pede teu lanche!

Notícias Relacionadas